APL da Saúde retoma grupo de estudos sobre assuntos do setor de Cosméticos e Magistral

Qua, 03 de janeiro de 2018 01:05

Primeiro encontro acontece dia 24 de janeiro, no Supera Parque de Inovação e Tecnologia


O APL (Arranjo Produtivo Local) da Saúde de Ribeirão Preto retoma, em 2018, o grupo de estudos voltados para o setor de cosméticos. O objetivo é promover a troca de experiências e o esclarecimento de dúvidas entre os associados sobre temas como a Nova Lei de Biodiversidade Brasileira e o SisGen.

A gestora do APL, Angélica Gobbi, explica que os assuntos para discussão foram definidos no final do ano passado, pelos associados, de acordo com suas necessidades. “Os temas são tratados de acordo com a demanda dos participantes. Por isso, o objetivo é realizar palestras e capacitações voltados para os temas levantados pelo grupo”, diz.

A Lei de Biodiversidade requer que a pesquisa envolvendo acesso a patrimônio genético brasileiro e/ou conhecimento tradicional associado seja cadastrada no sistema autodeclaratório SisGen, por meio do qual se cadastram também as demais atividades envolvendo o patrimônio genético. “As empresas terão até novembro de 2018 para a regularização, por isso a importância do tema ser amplamente discutido”, enfatiza a gestora.

O primeiro encontro do ano acontecerá no dia 24 de janeiro, às 08h30, no SUPERA Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto e conta com empresários conceituados de diversos setores de Cosméticos. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo e-mail: apldasaude@gmail.com ou pelo telefone (16) 3315-0735 – ramal 9932.

Agenda

Quando: 24 de janeiro de 2018 (quarta-feira), às 08h30

Onde: SUPERA Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto – prédio 2

Av.: Dra. Nadir Aguiar, 1.805 – Jd. Paulo Gomes Romeu (mapa: https://goo.gl/maps/gFdaK3y7Kss )

Inscrições e informações: gratuitas pelo email: apldasaude@gmail.com ou pelo telefone (16) 3315-0735 – ramal 9932.

Supera Parque

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto é resultado de uma parceria entre a Fipase, a Universidade de São Paulo (USP), Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no Campus da USP local, o Parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios.

Ao todo, são 71 empresas instaladas no Parque, sendo: 52 delas na Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica; 15 empreendimentos no Centro de Negócios e 4 na aceleradora SEVNA Startups.


Informações para a Imprensa

Medialink Comunicação – (11) 3817-2131

Raul Fagundes – raul.fagundes@medialink.com.br

Ana Cunha – ana.cunha@medialink.com.br | (16) 98152-0398





Voltar para notícias