Supera Parque mapeia possíveis parceiros tecnológicos

Ter, 02 de janeiro de 2018 06:09

Pesquisa aponta diversos serviços tecnológicos oferecidos pela USP de Ribeirão Preto


O Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), do Supera Parque de Inovação e Tecnologia, em cooperação com a Agência USP de Inovação, realizou um mapeamento para identificar as condições de oferta tecnológica da Universidade de São Paulo, no Campus Ribeirão Preto. Com o mapeamento, é possível saber quais docentes e laboratórios da Universidade de São Paulo estão dispostos a colaborar com o desenvolvimento do habitat de inovação de Ribeirão Preto.

O Mapeamento das Condições de Ofertas Tecnológica foi elaborado com: Escola de Educação Física e Esporte (EEFERP-USP); Escola de Enfermagem (EERP-USP); Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCLRP-USP); Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFRP-USP); Faculdade de Medicina (FMRP-USP); Faculdade de Odontologia (FORP-USP).

Flavia do Prado Vicentin, Agente de Inovação da AUSPIN, ressalta que este mapeamento coletou informações mais detalhadas sobre as unidades do Campus USP Ribeirão Preto, como: equipe, infraestrutura dos laboratórios e os serviços tecnológicos que podem ser ofertados. “Com isso, podemos conhecer um pouco mais sobre o trabalho realizado na Universidade”, enfatiza.

A intenção é promover a integração dos centros de pesquisa e o setor produtivo. Na primeira etapa do mapeamento, foram identificados 102 laboratórios dispostos a cooperar, sendo 200 docentes coordenando suas equipes na realização de mais de 300 tipos de serviços tecnológicos.

Para Willy de Goes, coordenador do NIT, a elaboração e divulgação do relatório é um passo importante para consolidar a Universidade de São Paulo como âncora científica do habitat de inovação de Ribeirão Preto. “O objetivo é estabelecer um ambiente favorável à cooperação entre a Universidade e as empresas, fortalecendo o desenvolvimento de pesquisas, a transferência de tecnologia e, consequentemente, a inovação tecnológica”, explica o coordenador.

Já o gerente do Supera Parque, Eduardo Cicconi, explica que a participação dos profissionais ligados à Universidade de São Paulo é fundamental para o esforço de consolidação do habitat de inovação e empreendedorismo. Para ele, “a aproximação entre Universidade e setor produtivo permitirá a incorporação do vasto conhecimento científico aos produtos e serviços oferecidos pelas empresas, principalmente, aquelas ligadas ao Parque Tecnológico”.

Informações sobre o mapeamento podem ser obtidas junto ao NIT do SUPERA Parque, pelo e-mail nit@superaparque.com.br ou pelo telefone (16) 3315-9907.

 

Supera Parque

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto é resultado de uma parceria entre a Fipase, a Universidade de São Paulo (USP), Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no Campus da USP local, o Parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios.

Ao todo, são 71 empresas instaladas no Parque, sendo: 52 delas na Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica; 15 empreendimentos no Centro de Negócios e 4 na aceleradora SEVNA Startups.

Informações para a Imprensa

Medialink Comunicação – (11) 3817-2131

Raul Fagundes – raul.fagundes@medialink.com.br

Ana Cunha – ana.cunha@medialink.com.br | (16) 98152-0398





Voltar para notícias